Arquivo

Archive for the ‘Gestão do Conhecimento’ Category

Kaciane e a importância da leitura

Kaciane_ImportanciaLeitura

Anúncios

Patrimônio Cultural na Economia Criativa

Patrimônio Cultural Imaterial

Junto com esta equipe de primeira, Beatriz Azevedo Castro ministrará o curso Patrimônio Cultural Imaterial
dia 01 de setembro das 14 as 17 horas no Conjunto Nacional

O ADMIRÁVEL MUNDO NOVO DA BIBLIOTECONOMIA

dreamstime_xs_17963280

A profissão de bibliotecário tem se definido pelos serviços realizados em bibliotecas e centros de informação tais como catalogação, classificação, gerência, pesquisa, orientação de usuários, normalização e também pela docência.

Entretanto há opções de trabalho em oportunidades profissionais prestados a diversos clientes, envolvendo bibliotecários iniciantes e experientes, recém formados ou aposentados, de todas as idades.

Esses serviços específicos e especializados abriram oportunidades dentro da profissão que possibilitam novas experiências profissionais, intelectuais e a imersão nos conceitos e práticas da área.

Novos tipos de bibliotecários especializados surgem, desenvolvendo características e conhecimentos específicos para suas atividades.

Apresentamos uma série com esses novos tipos de profissionais da área que tivemos em nossa empresa:

 

Bibliotecários Especialista em Catalogação

O serviço do Bibliotecário Especialista em Catalogação é utilizado, por exemplo, para suprir demandas de novas coleções vindas de doações, novos cursos, incorporações, onde os bibliotecários da instituição precisam manter a qualidade do serviço não dispões de tempo para resolver essa questão.

É importante lembrar que esse profissional não irá substituir os bibliotecários contratados e sim resolver um problema pontual da biblioteca.

Por ficar apenas o período necessário para concluir a demanda, esse profissional acaba por ter experiências em bibliotecas diferentes, com rotinas diferentes, com softwares diferentes e tratamento da informação diferente.

Engana-se quem acha que esse profissional fica em uma sala fechada isolado catalogando sem interagir com ninguém.  A capacidade de relacionar com outras pessoas em diferentes situações é essencial, pois em cada lugar encontrará uma equipe diferente com ideias e prioridades diferentes.

Outra questão é a capacidade de se adaptar e receber treinamentos para realizar a mesma tarefa. Apesar de existir uma norma, o processo de catalogação muda de acordo com software e prioridades de cada biblioteca.

E por último esteja pronto para mudar de local de trabalho e também viajar

Como a memória pode ajudar na integração

dreamstime_s_22562744

Todos nós já vivenciamos em nosso ambiente de trabalho, a chegada de um novo membro à equipe que, apesar de trazer alívio para as atividades acumuladas, gera também uma certa tensão no grupo que terá de modificar seus hábitos para se adaptar a ele.

Esse novo funcionário terá de ser apresentado aos membros do grupo, à história da empresa, aos projetos em andamento, conhecer o espaço físico, entre outras coisas, pois tudo será novo para ele.

Se a empresa, no entanto, possuir um Centro de Memória digital, com a documentação histórica organizada e disponível, estara à sua disposição um rico material de pesquisa sobre a importância da empresa e de seu segmento no país. No Acervo da Memória encontra-se registros sobre a visão, missão, filosofia, entrevista com antigos funcionários, projetos realizados, campanhas publicitárias, entre outros. Esse conteúdo fornece subsídio aos departamentos de comunicação e marketing para produções de ações de integração e conhecimento da história a esse novo membro e auxiliar a entender o seu lugar na empresa, a posição de seu trabalho na engrenagem geral e despertar o sentimento de pertença a comunidade na qual está inserido.

 

Um dia, tudo será memória …

ECC_Um-Dia-Tudo_Sera-Memoria

________________________________________________________________________________

PRESERVE A SUA com nossa metodologia e expertise.

________________________________________________________________________________

Memória Empresarial, construção da empresa e crescimento do país

Semana passada a rede Globo iniciou seu noticiário de maior audiência dizendo: vamos começar com uma boa notícia!

Também lemos em algumas revistas de renome do país que as pessoas estão conscientes da dificuldade que o país está passando, mas não deixam de fazer a sua parte.

É fácil? Não, ninguém disse isso. Foi dito que a grande maioria do povo brasileiro continua, diariamente, se empenhando pela empresa que escolheu, aplicando ali seus conhecimentos.

Crises? Problemas? Sempre existirão. O importante é acreditar que podemos fazer algo para sair de uma situação ruim e começarmos a ter uma conduta que nos leve a prosperar.

Neste momento, acreditamos na importância do reconhecimento pelas empresas, daqueles que estão se dedicando, se esforçando para que ela continue a crescer, inovar, investir, ser reconhecida e premiada, levando seus colaboradores a se sentirem participantes da construção de sua história e motivados a continuar se empenhando por este país.

O registro das realizações de uma empresa se tornarão um referencial para as próximas gerações e não deixarão esquecidos os que por ela se esforçaram.

Esta a função principal da Memória Empresarial, uma ação ainda pouco usual em nosso país, mas um procedimento cada vez mais necessário.

Pense nisso!

Nossas Origens e Nossas Criações

Interessante pensarmos que  sempre que falamos em culinária, nossa memória nos remete a cozinha com base em referências de determinado local ou pessoa. O mesmo se dá com a moda e outras áreas do conhecimento.

No entanto, nas empresas, quase nunca se ouve dizer da elaboração de um projeto baseado em referências passadas.

Hoje, o mercado de trabalho tem exigido outras habilidades para lidar com situações adversas e, nesta linha de pensamento, ressalta a reportagem da Vida Simples de março de 2015 que ‘acolher as nossas origens ajuda a compreender quem somos e a lidar com as dificuldades de um jeito mais leve’.

Mas onde estão os referenciais da origem de uma empresa? Onde encontrar bagagem para criar materiais que utilizem e transmitam sua cultura e seus valores?

Em uma gaveta, um arquivo ou na memória de alguém.

E se isso se perder?

Restará à MEMÓRIA EMPRESARIAL mostrar por muitos ângulos e olhares seus valores, possibilitando à seus colaboradores melhor compreendê-la e criar novos produtos e serviços, embasados nestes referenciais.