Arquivo

Posts Tagged ‘Comunicação Corporativa’

DOCUMENTOS HISTÓRICOS

São considerados históricos os documentos ligados às atividades:
Orgânico-Societário: atos que possibilitaram a existência legal da empresa.
Comunicação: feita pela empresa em sua interação com o público interno e externo.
Marketing: comprovação das estratégias para adequação da oferta de seus produtos e serviços às necessidades e preferências dos consumidores: pesquisa de mercado, design de produtos, campanhas publicitárias, atendimento etc.
Técnicas / Administrativas / Financeiras: comprovação das atividades necessárias ao cumprimento das atividades-fim da empresa, através de documentos que refletem as tomadas de decisão, dentro de cada atividade, excluindo documentos meramente operacionais.

Anúncios

Gestão do Conhecimento através da Fala Institucional

Problemas causados por gaps na comunicação

Objetivo: Identificar gaps nos fluxos de informação, relações interpessoais, processos organizacionais e tecnológicos.

Fala Institucional: denominação criada para identificar a comunicação verbal que acontece em meios aos trâmites diários.

Utilizada em metodologia própria, implementada em projeto que visa promover melhorias nos processos de trabalho, para identificar a potencialidade, a efetiva função exercida e as necessidades de aprimoramento profissional de cada funcionário.

Dentro de uma organização a fadiga não é a única interferência que diminui a produção, também a clareza, a coerência, a promessa, a uniformidade, a adequação e a objetividade interferem na satisfação no trabalho que reflete o resultado entre as expectativas do indivíduo e os metas projetadas.

Implementamos flexibilidade ao trabalho participativo, adequando as ações a cada grupo, à cada situação específica, para que os participantes apontem os problemas e as soluções, através de suas experiências e seus conhecimentos individuais de cada processo.

Dinâmica em grupo e resultados concretos

A participação de todos os envolvidos reforça, entre outras coisas: a clareza de objetivos, a transparência do processo, a probabilidade de êxito, a sustentabilidade das decisões, a integração, o sentimento de ‘pertença’ e a introjeção da responsabilidade em se empenhar nas metas propostas e aceitas por toda equipe durante o trabalho.