Archive

Posts Tagged ‘Disseminação de Informação’

Nossas Origens e Nossas Criações

Interessante pensarmos que  sempre que falamos em culinária, nossa memória nos remete a cozinha com base em referências de determinado local ou pessoa. O mesmo se dá com a moda e outras áreas do conhecimento.

No entanto, nas empresas, quase nunca se ouve dizer da elaboração de um projeto baseado em referências passadas.

Hoje, o mercado de trabalho tem exigido outras habilidades para lidar com situações adversas e, nesta linha de pensamento, ressalta a reportagem da Vida Simples de março de 2015 que ‘acolher as nossas origens ajuda a compreender quem somos e a lidar com as dificuldades de um jeito mais leve’.

Mas onde estão os referenciais da origem de uma empresa? Onde encontrar bagagem para criar materiais que utilizem e transmitam sua cultura e seus valores?

Em uma gaveta, um arquivo ou na memória de alguém.

E se isso se perder?

Restará à MEMÓRIA EMPRESARIAL mostrar por muitos ângulos e olhares seus valores, possibilitando à seus colaboradores melhor compreendê-la e criar novos produtos e serviços, embasados nestes referenciais.

Lançamento livro de co-autoria de Beatriz Azevedo Castro

Lançamento Livro de co-autoria de Beatriz Azevedo Castro, nossa Diretora Executiva

Lançamento livro de co-autoria de Beatriz Azevedo Castro, nossa Diretora Executiva

Datas de novembro – todos as 19h30

dia 17  – Senac Piracicaba – Rua Santa Cruz, 1148 – Piracicaba-SP

dia 26  – Senac Consolação – Rua Dr. Vila Nova, 228 – São Paulo-SP

dia 27 – Conselho Regional de Contabilidade – Rua Rosa e Silva, 60 – São Paulo-SP

Evento GRATUITO: http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp?newsID=DYNAMIC,oracle.br.dataservers.ContentEventDataServer18,selectEvent&template=946.dwt&event=2507

Centro de Memória TAM

Centro de Memória TAM - idealizado em 2006 por Maria Cláudia Amaro, filha do Comandante Rolim, teve como responsável pelo trabalho Beatriz Azevedo, Diretora Executiva da Espaço Conhecimento

Centro de Memória TAM – idealizado em 2006 por Maria Cláudia Amaro, filha do Comandante Rolim, a responsável pela implementação foi Beatriz Azevedo, Diretora Executiva da Espaço Conhecimento

SERVIÇO DE ALERTA / DSI – Disseminação Seletiva da Informação

novembro 11, 2011 3 comentários

Antonio Eduardo de Souza Gomes *

Há muito tempo já se discute nas áreas da Tecnologia da Informação, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia, maneiras de como a informação, seja virtual ou impressa é recuperada, organizada e disseminada. Os serviços oferecidos nessas áreas são de grande importância, pois são realizados por especialistas para garantir que se chegue a informação ao seu usuário final de forma relevante e em tempo hábil. Isso é válido ainda mais nos dias de hoje com o advento das novas tecnologias que disponibilizam, até muitas vezes de forma aleatória e difusa, conteúdos da literatura mundial.

Em muitos casos o usuário não recebe as informações de que realmente necessita ou quando recebe não há um acompanhamento sobre o andamento de sua área. Ou seja, a pesquisa é realizada e dada como completa, e ao fechar o seu ciclo ignora, por vezes, outros aspectos que poderia agregar ao seu conhecimento.

Aproveito para afirmar que é de total escolha do usuário querer se atualizar em sua área de acordo com seu perfil, mas também é de inteira responsabilidade do especialista em atentar sobre essa necessidade informacional. E que no caso da Biblioteconomia, o serviço prestado é chamado de Disseminação Seletiva da Informação – DSI.

Esse serviço é comum em bibliotecas de grande porte, no caso de Bibliotecas de grandes corporações e de Centros de Pesquisas – onde o serviço tem grande aceitação por parte dos pesquisadores. É oferecido quando existe demanda por parte do usuário que necessita de um monitoramento de sua área de atuação. Por exemplo, um Engenheiro de Petróleo precisa receber constantemente informações sobre perfurações e escoamento em algum local remoto do planeta e demais pesquisas de sua área de atuação.

O usuário que solicita o DSI deve informar em seu perfil profissional – no caso em um formulário impresso ou online – quais tipos de suportes informacionais quer receber (artigos, teses, e-books etc), em quais linguagens, qual a periodicidade para o envio das informações, a quantidade, as palavras-chave, e, se conhecer, as fontes especializadas. Esses dados são de grande utilidade para o êxito do serviço, pois o Bibliotecário responsável irá utilizá-los para garantir a pertinência e qualidade do resultado das buscas. Lembrando que o contato Usuário x Bibliotecário, seja via e-mail, por telefone ou pessoalmente é de extrema importância enquanto o serviço estiver sendo realizado.

Quem decide o término do serviço é o usuário. Isso não é definido antes do contato. Normalmente ocorre quando o próprio muda de atividade ou quando informa que o que já recebeu é suficiente, por exemplo.

O DSI, como um dos serviços de referência oferecidos em uma Biblioteca dá maior destaque e interação ao relacionamento entre Bibliotecário e o Usuário, pois nele o profissional conhece melhor as necessidades de sua clientela e aperfeiçoa sua tática na busca de informação em diversas fontes (impressa ou online).

* Bibliotecário da Espaço Conhecimento, projeto Petrobras

DSI – dúvidas de como montar? Procure a Espaço Conhecimento