Arquivo

Posts Tagged ‘Gestão do Conhecimento’

Memória Empresarial, construção da empresa e crescimento do país

Semana passada a rede Globo iniciou seu noticiário de maior audiência dizendo: vamos começar com uma boa notícia!

Também lemos em algumas revistas de renome do país que as pessoas estão conscientes da dificuldade que o país está passando, mas não deixam de fazer a sua parte.

É fácil? Não, ninguém disse isso. Foi dito que a grande maioria do povo brasileiro continua, diariamente, se empenhando pela empresa que escolheu, aplicando ali seus conhecimentos.

Crises? Problemas? Sempre existirão. O importante é acreditar que podemos fazer algo para sair de uma situação ruim e começarmos a ter uma conduta que nos leve a prosperar.

Neste momento, acreditamos na importância do reconhecimento pelas empresas, daqueles que estão se dedicando, se esforçando para que ela continue a crescer, inovar, investir, ser reconhecida e premiada, levando seus colaboradores a se sentirem participantes da construção de sua história e motivados a continuar se empenhando por este país.

O registro das realizações de uma empresa se tornarão um referencial para as próximas gerações e não deixarão esquecidos os que por ela se esforçaram.

Esta a função principal da Memória Empresarial, uma ação ainda pouco usual em nosso país, mas um procedimento cada vez mais necessário.

Pense nisso!

Nossas Origens e Nossas Criações

Interessante pensarmos que  sempre que falamos em culinária, nossa memória nos remete a cozinha com base em referências de determinado local ou pessoa. O mesmo se dá com a moda e outras áreas do conhecimento.

No entanto, nas empresas, quase nunca se ouve dizer da elaboração de um projeto baseado em referências passadas.

Hoje, o mercado de trabalho tem exigido outras habilidades para lidar com situações adversas e, nesta linha de pensamento, ressalta a reportagem da Vida Simples de março de 2015 que ‘acolher as nossas origens ajuda a compreender quem somos e a lidar com as dificuldades de um jeito mais leve’.

Mas onde estão os referenciais da origem de uma empresa? Onde encontrar bagagem para criar materiais que utilizem e transmitam sua cultura e seus valores?

Em uma gaveta, um arquivo ou na memória de alguém.

E se isso se perder?

Restará à MEMÓRIA EMPRESARIAL mostrar por muitos ângulos e olhares seus valores, possibilitando à seus colaboradores melhor compreendê-la e criar novos produtos e serviços, embasados nestes referenciais.

Livro Gestão do Conhecimento – Memória do dia do lançamento

Foi muito bom receber os amigos no lançamento do livro Gestão do Conhecimento, no qual eu escrevi sobre: Autoconhecimento na Memória Corporativa.Livro co-autoria Beatriz Azevedo Castro

Lançamento livro de co-autoria de Beatriz Azevedo Castro

Lançamento Livro de co-autoria de Beatriz Azevedo Castro, nossa Diretora Executiva

Lançamento livro de co-autoria de Beatriz Azevedo Castro, nossa Diretora Executiva

Datas de novembro – todos as 19h30

dia 17  – Senac Piracicaba – Rua Santa Cruz, 1148 – Piracicaba-SP

dia 26  – Senac Consolação – Rua Dr. Vila Nova, 228 – São Paulo-SP

dia 27 – Conselho Regional de Contabilidade – Rua Rosa e Silva, 60 – São Paulo-SP

Evento GRATUITO: http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp?newsID=DYNAMIC,oracle.br.dataservers.ContentEventDataServer18,selectEvent&template=946.dwt&event=2507

Erros e sucessos passados levam à ação contextual

Neste contexto o Acervo da Memória Familiar e/ou Empresarial, se torna essencial

Conhecimento dos erros e acertos no Centro de Memória

Centro de Memória TAM

Centro de Memória TAM - idealizado em 2006 por Maria Cláudia Amaro, filha do Comandante Rolim, teve como responsável pelo trabalho Beatriz Azevedo, Diretora Executiva da Espaço Conhecimento

Centro de Memória TAM – idealizado em 2006 por Maria Cláudia Amaro, filha do Comandante Rolim, a responsável pela implementação foi Beatriz Azevedo, Diretora Executiva da Espaço Conhecimento

Centro de Memória e seus Processos

CentroMemoria_Processos
Centro de Memória – processos para armazenar e disponibilizar informações relevantes da empresa

A MEMÓRIA COMO PERCEPÇÃO DE SI E DOS OUTROS

A reconstrução da memória é uma forma de repensar a história de uma instituição e tê-la como uma ferramenta para fortalecer sua cultura e valores.

Neste contexto, a entrevista de Memória Oral torna-se um momento único, com circunstâncias únicas, que produz um resultado único: documentar uma individual visão da realidade, da afirmação de uma identidade.

Identidade esta que tem a Memória como elemento essencial na percepção de si e dos outros, com o atributo primordial de garantir a continuidade de um tempo que, por natureza, sofre rupturas e mudanças.

Ao capturar visões múltiplas de uma trajetória e submetê-las à análise crítica, virá à tona a heterogeneidade e o dinamismo da história construída na diversidade de profissionais e experiências culturais, possibilitando compreender processos passados e, conseqüentemente, seus reflexos no presente.

COMPARTILHAR CONHECIMENTO GERA NOVOS CONHECIMENTOS

Uma das ferramentas para manter as heranças vivas de uma empresa é a Memória Corporativa, com sua história nos diferentes momentos desde a fundação, incluindo a criação de produtos e serviços e as histórias dos colaboradores que compartilharam conhecimento com a e na empresa.

Um Centro de Memória ajuda a aproximar colaboradores dos diferentes conhecimentos espalhados pela empresa, possibilitam insights para novas criações preservando as características importantes dos produtos antigos, fortalecendo a cultura da organização.

Um espaço que reúne conhecimento técnico e estratégico, sobre o design dos produtos e serviços, sobre a marca e os símbolos pertencentes à companhia, que reforçam a cultura empresarial, porque valoriza quem mantem a empresa viva.

Criar um Centro de Memória não significa revelar segredos de novos ou antigos produtos e serviços, nem mesmo as estratégias da empresa, significa compartilhar conhecimento para gerar novos conhecimentos.

Ciclo do Conhecimento e Memória Corporativa